31Jan
tipos de medicamentos

Tipos de medicamentos: veja as 3 classificações de registro

Medicamento é um produto farmacêutico tecnicamente elaborado com substâncias capazes de gerar atividade farmacológica. Dessa forma, existem variados tipos de medicamentos para atender a diversas finalidades, seja para eliminar uma doença ou até mesmo preveni-la. No entanto, ainda existem dúvidas quanto à sua classificação. Você sabe a diferença entre todas as classes de medicamentos? Não? A sua melhor transportadora para Rio de Janeiro irá sanar todas as suas dúvidas! Leia este artigo até o final e saiba mais!

Conheça as ações químicas dos medicamentos

ações químicas dos tipos de medicamentos

Em primeiro lugar, vale ressaltar que os medicamentos podem ter duas origens: fontes naturais (reino animal, vegetal e mineral) e fontes sintéticas (industrialização e manipulação de substâncias).

A indústria farmacêutica é capaz de manipular a estrutura molecular das substâncias químicas no intuito de modificá-las e torná-las eficazes contra vários tipos de microrganismos.
Os tipos de medicamentos podem ter uma ação química diferente, que pode ser:

  • profilática: possuem ação preventiva contra doenças (exemplo: vacinas);
  • curativa: podem curar doenças (exemplo: antibiótico);
  • paliativa: podem diminuir sinais e sintomas das doenças, mas não proporcionam a cura (exemplo: antitérmicos e analgésicos);
  • diagnóstica: auxiliam no diagnóstico de doenças, esclarecendo os exames radiográficos (exemplo: contrastes);
  • local: a ação ocorre na região em que o medicamento foi aplicado, sem passar pela corrente sanguínea (exemplo: pomadas e colírios);
  • sistêmica: a medicação é absorvida e só depois entra na corrente sanguínea, atuando no local desejado (exemplo: antibióticos).

Tipos de medicamentos de acordo com o registro

tipos de medicamentos e suas variações

1- Medicamento de referência

Este é um dos tipos de medicamentos conhecido como “remédio de marca”. Trata-se de um produto inovador, que possui marca registrada e tem eficácia terapêutica. Além disso, possui qualidade e segurança comprovadas cientificamente por meio de um longo processo de pesquisa.

Os medicamentos de referência só podem ser comercializados com a aprovação da Vigilância Sanitária. Quando sua patente expira, suas características farmacêuticas servem de parâmetro para fabricação de medicamentos similares ou genéricos.

Em geral, os medicamentos de referência têm nome comercial popularmente conhecido. É o caso do Tylenol, Novalgina, Dramin, Aspirina, entre outros.

2- Medicamento genérico

É o medicamento que possui as mesmas propriedades e princípios ativos dos tipos de medicamentos de referência. No entanto, sua comercialização só é autorizada após a expiração da patente do seu respectivo “remédio de marca”. Em geral, possuem preços mais baixos, já que os laboratórios não precisam investir em grandes pesquisas.

Eles só podem ser postos à venda após a comprovação da sua bioequivalência, que garante que a sua qualidade farmacêutica é equivalente ao fármaco original.

Os medicamentos genéricos são facilmente reconhecidos esteticamente: eles têm uma tarja amarela e uma letra G na sua embalagem. Como exemplo, podemos citar ibuprofeno, lidocaína, loratadina, entre outros.

3- Medicamento similar

Assim como o genérico, o medicamento similar também só tem sua comercialização autorizada após a expiração da patente do medicamento de referência. Ele possui princípio ativo, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica idênticos ao “remédio de marca”. As características que podem variar são tamanho, prazo de validade, embalagem, excipientes e veículos.

O medicamento similar se diferencia do genérico pelo seu nome de comercialização. Em geral, é utilizado um nome fantasia para que não haja a possibilidade de equívocos por parte dos clientes. Por exemplo, o medicamento de referência Brondilat tem como similares os seguintes remédios: Acedilat, Broncolex, Broncomucol, Bronfilil, Broontek e Dilabronco.

Transporte de medicamentos é com a Raízes Transporte

Você conhece todos os tipos de medicamentos em relação ao seu registro na Anvisa, ok! Mas, e para transportá-los em segurança? Como irá proceder? Nós temos a resposta! Conte com a melhor empresa de transporte rodoviário do Brasil. Conte com a Raízes Transporte!

Somos especialistas em transporte de medicamentos no Brasil inteiro. Nossa empresa é reconhecida como referência quando o assunto é transportadora para Manaus, Rio de Janeiro, Belém e Aracaju. Seguimos à risca todas as regras impostas pela Anvisa para a distribuição segura e correta de produtos farmacêuticos. Oferecemos serviços de transporte de carga fracionada e transporte de carga lotação para que você escolha o que melhor se adéqua às suas necessidades.

Ficou curioso? Entre em contato conosco que explicaremos melhor como o transporte de remédios funciona!

 

Links úteis: Transporte de Medicamentos  Transportes para Manaus

Compartilhe:

Posts RecentesCategoriasTags