05Jan

Gestão de transportes: saiba os erros mais comuns

Para quem tem uma transportadora, sabe o quanto está acirrada a concorrência. Conquistar clientes tem estado cada vez mais difícil. Gerenciar uma empresa desse ramo é complicado e erros podem custar caro para o financeiro. Mas e se você soubesse quais são esses deslizes que não podem ser cometidos? Leia este artigo elaborado pela Raízes Transporte com os erros mais comuns na gestão de transportes.

Os erros mais comuns na gestão de transportes

1- Desconhecer as condições da sua frota

Os erros mais comuns na gestão de transportes
Para que uma gestão de transportes dê certo é imprescindível conhecer sua frota. Muitas transportadoras não dão atenção a esse controle e perdem dinheiro e tempo. Afinal, acabam colocando seus veículos a correrem riscos desnecessários. Além disso, não entregando a melhor qualidade de serviço.

Portanto, tenha ciência da quilometragem rodada, combustível gasto, multas, dentre outras coisas.

2- Não investir na qualificação dos motoristas

Não investir em treinamentos dos seus motoristas além de trazer risco a vida dele e ao veículo, é um grande erro. O aperfeiçoamento das habilidades é um dos pilares para o sucesso na gestão de transportes.

Ou seja, não economize na capacitação de seus profissionais. E, com isso, evite riscos sem necessidade. Além de oferecer um serviço de qualidade e ter êxito em um mercado tão concorrido.

3- Não usar as tecnologias

imagem de um profissional anotando informações manuais referente a gestão de transportes.

Optar por um controle manual ao invés de usar as tecnologias disponíveis é um dos erros mais comuns. Existem empresas que não avançaram com as inteligências para gestão de transportes. Manter o controle apenas no papel não vai trazer nenhum benefício ao seu negócio.

Usar a tecnologia para gerir seu trabalho e controlar os documentos fará com que sua empresa tenha mais eficiência. Além disso, dá segurança e reduz as chances de deslizes. E está errado quem pensa que fazer isso é caro. Dá para contar com ferramentas baratas e eficazes.

4- Não se atualizar sobre o mercado

Qualquer mercado está em constante mudança e para transportadoras não é diferente. Tanto nas já citadas tecnologias, mas nas leis e regulamentações também ocorrem modificações. As empresas que não estão ligadas nas tendências, tendem a ficar para trás. Buscar a inovação constante ajuda a gerar renda para a empresa e evita erros.

Conheça a Raízes Transporte!

Somos a Raízes Transporte, uma transportadora certificada pela ANVISA. Temos mais de 20 anos de mercado e contamos com uma frota moderna e com manutenções periódicas.

Trabalhamos com transporte de carga fracionada e lotação. Somos especializados em transporte de medicamentos e cosméticos.

Entre em contato conosco e saiba mais!

Compartilhe:

Posts Recentes Categorias Tags