06Out
custos logísticos

Gestão de custos logísticos: descubra os 5 principais!

Obter conhecimento sobre os aspectos que viabilizam a atividade logística é um processo que demanda muita atenção, dedicação e, sobretudo, tempo. A gestão dos custos logísticos, quando bem feita, é capaz de identificar gastos e organizá-los de modo que não ultrapassem o limite do orçamento. Falaremos sobre ela neste artigo!

Prossiga a leitura para se aprofundar no tema e conhecer os principais pontos que devem ser notados para obter melhores resultados.

Quais são os custos logísticos mais comuns?

custos logísticos comuns

Os custos logísticos são fixos ou variáveis de acordo com a natureza do seu negócio. Ou seja, quanto mais existir regimentos internos permanentes, maior será a quantidade de custos fixos. No contrário, os custos variáveis sobrepõem os fixos.

Conhecer as definições é a tarefa do bom gestor, pois estão presentes em todas as operações que demandam movimentação de mercadoria. No transporte, por exemplo, os custos logísticos estão presentes na armazenagem, manutenção e pagamento de colaboradores. Algumas empresas optam pela terceirização como resposta mais barata e completa para esta extensão de gastos.

Na sequência, veja a lista dos principais custos empregados na logística. Confira!

1- Estoque e armazenagem

Os custos com estoque e armazenagem iniciam-se na compra do material com o fornecedor. Depois desse momento, tipo de armazenagem, organização e tempo em que o item ficará alocado, também são fatores que geram gastos. Por essa razão, quanto maior for a quantidade de produtos e tempo que eles ficarão alocados, maior será a despesa.

2- Embalagem

Os custos com estoque e armazenagem, por consequência, levam ao custo com embalagem. Ela deve ser de acordo com as especificações do produto para que as características dele se mantenham invioladas. Além disso, a embalagem também corresponde ao cartão de entrada do item, visualmente falando. Devido a isso, devem ser conservadas por serem determinantes para uma boa impressão do material.

3- Logística tributária

A logística tributária é um dos custos logísticos que mais pesam para uma empresa. Está presente na compra de materiais, manutenção da mão de obra qualificada e todas as outras movimentações onde há recolhimento de tributos.

Neste caso, o mais indicado é criar um plano financeiro onde as taxas referentes aos tributos essenciais estejam claras. Assim, existirá menos risco pagar por tributos que podem ser descartados.

4- Custo humano

O custo humano também representa custo logístico na medida em que a manutenção de pessoal despende uma série de gastos. Esses estão presentes na compra de materiais que serão usados no armazém, como também no vencimento mensal e benefícios.

custo humano na gestão de custos logísticos

5- Transporte e frete

Os custos relativos a transporte podem estar relacionados a gastos com aquisição de veículos, manutenção, combustível e mais. Por esse motivo, de modo a reduzir riscos e aumentar a operacionalidade do frete, a melhor iniciativa é contar com uma transportadora eficiente. Essa ação minimiza os custos logísticos que seriam contabilizados com frota própria, e agrega mais segurança na administração do transporte.

Faça o transporte de carga com a Raízes Transporte!

Gostou de conhecer mais sobre custos logísticos? Temos certeza que a partir de agora sua gestão ficará mais qualificada. A Raízes Transporte pode auxiliar sua empresa a cumprir com prazos e entregar produtos sem danos nas regiões do Rio de Janeiro, Manaus, Belém e Aracaju. Temos soluções para transporte de carga nos modelos lotação e fracionada. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre nossos serviços!

O artigo lhe foi útil? Continue lendo sobre logística e distribuição de mercadorias em nosso blog. Encontre:

Compartilhe:

Posts RecentesCategoriasTags